domingo, 10 de maio de 2015

2) para 松尾 芭蕉, Matsuo Bashō / pour 松尾 芭蕉, Matsuo Bashō

solidão de quem
fica
só a respirar

© Ana Rossi

solitude de quiconque
reste
seul à respirer

Nenhum comentário:

Postar um comentário